02/09/09

POSTAIS DE NOVA IORQUE [2] MoMA [1]

.

[clicar para ampliar]
.
Estes são os que consegui roubar, a custo, por entre a multidão de visitantes.
Trouxe muitos outros.
Alguns já os tinha comigo muito antes de os ver. Guardados na memória.
Agora continuo a guardá-los nesse mesmo lugar, prodigioso.
De outro modo. Com outro sentir.
E revisito-os.
Também aqui.


_ JS Bach
por Bobby McFerrin
e Jacques Loussier Trio


Imagem - Fotografias [colagem]. TINTA AZUL. 23.08.09
Música - YouTube.evghoul

6 comentários:

Pulsante disse...

A memória é mesmo um lugar prodigioso.
Um lugar que não é apenas receptáculo de recordações sendo, também, um universo de reconstrução, ou seja se por um lado a memória nos faz sentir o que somos e quem somos, por outro, na elaboração que ela mesmo se encarrega de fazer, filtra, recompõe e muitas vezes corrige contribuindo, assim, para a formulação da nossa identidade.
Na memória os quadros que guardas já não são os quadros que “roubaste”. São eles e tu mesmo…são bem melhores.

um Ar de disse...

Pois é...
:)
[Beijos, para os dois...@]

cristal disse...

Também gosto de os ver aqui e de ler o que eles te fazem escrever. Bjs

João Menéres disse...

Que rica colecção esta que apanhaste!
Imagina que só não sei de quem é o da bandeira...
Mas, já conhecia.
A memória falha, como tudo na vida.

Um beijo e continua por aí, pois é uma cidade de que não apetece sair.

heretico disse...

beijo.
gosto de "postais de férias"...

Justine disse...

Eles a oferecerem-se ao nosso olhar, nós a "viajarmos" pelo que vemos e pelo que imaginamos. MoMa, lugar de viagens, como todos os museus...