27/01/11

SOBRE A CAL III

.



.



dedos azuis
crepusculares

alongam-se
demorados

na brancura macia
da pele da cal





- Erik Satie
Nocturno nº1
Piano - Billy Eidi


Fotografia - Tinta Azul. 1.1.11
Música -
YouTube

4 comentários:

João Menéres disse...

Magnífica imagem.

E as palavras ?
Até me fizeram arrepiar...

Ou foi o piano ?


Um beijo.

heretico disse...

"brancura macia". como "invejo" essa imagem!!! rss

beleza e sensibidade. sempre.

beijos

João Menéres disse...

Quinze dias de silêncio...

Tinta Azul disse...

é verdade...
acabei de o quebrar...com o som da chuva

beijos

[ando sem tempo que me chegue]