04/07/09

NOTAS PERFUMADAS

.


Artur Pizarro abriu, ontem, o 35º Festival Internacional de Música de Espinho com a Orquestra Gulbenkian.

Foi um belíssimo concerto.
A música de Bach, muito bem interpretada, comoveu-me. Talvez mais que o costume, porque, talvez, o meu estado de exaustão me torne ainda mais sensível à música e a tudo aquilo de que gosto.
Encheram-se-me os olhos de um mar muito suave.
A música é, sem dúvida, um perfume extraordinário para os meus sentidos. De pétalas de rosas muitíssimo raras.


_JS Bach
Concerto para Oboe d'Amore
The English Concert
Direcção - Trevor Pinock


Música - YouTube
Fotografia - TINTA AZUL.27.03.08

3 comentários:

Duarte disse...

Que flores mais bonitas! Não as conheço, são aquáticas?

Que esses eflúvios de boas vibrações perdurem e que a tua vida se converta em plácida. Uma pessoa como tu o único que merece é isso, Aproveita e enche-te do que é belo e prazenteiro, a vida merece ser vivida se é assim, em paz e com muito amor: a música transmitir-te-á tudo o que necessitas, deixa que entre em TI.

Que sejas feliz, desejo-o.

Recebe um chi coração

um Ar de disse...

Como é costume, hoje e tantas outras vezes, pensei em ti.
Imaginei-te em trabalho, mesmo que fosse assim...
.
E lembrei-me de quanto a música clássica, principalmente, é importante para ti. Imaginei-te a ouvi-la, de olhos semicerrados..., de olhos bem abertos...
.
E sim. Acho que os vi, luminosos, marejados...
.
[Beijo de: e eu nem sou nada intuitiva!...]

vendaval com poesias disse...

Saudades daqui, um mergulho na sensibilidade. E hj em especial, citando a música e os mistérios que a envolve, tendo o poder de nos transportar a mundos além.

Concordo com vc:a exautão nos torna ainda mais sucetíveis a sensibilidade da arte, e a música uma das maiores de todas elas,possuidora de um poder de comoção,sendo de boa qualidade.
As eruditas dispensam comentários,pela beleza que emanam de suas notas.
um abraço com saudades

Edna