10/07/09

OS FIOS DO RIO

.




De fio a pavio
se tece
o leito do meu rio.



_ F. Chopin
Valsa nº 2 [Op. 70]
Piano -Wilhelm Fischer


Imagem - A partir de fotografia.TINTA AZUL. 10.07.09
Música - YouTube.Leonidas3549

5 comentários:

Nydia Bonetti disse...

Uau! Em imagens ou palavras, a tua poesia é surpreendente e sempre emociona.
beijinho.

Juani disse...

a veces la vida esta tan liada que no se ve por donde seguir el camino
espero que estes bien
saluditos

Ramiro Conceição disse...

RIO
by Ramiro Conceição


O que há para dizer
que nunca foi dito?
O que há para o além
do altivo ou do maldito?
É isso que procuro.
É isso que admiro.
Busco, o inaudito!

Procurar é subir em saltos,
mesmo sabendo que,
quanto mais alto,
mais difícil é a altura.

Ora, mas não é isso o desafio,
a única razão da existência,
compreender que a água voa
em vapores da sua essência
e que desce, em cachoeira,
grávida da sua consciência?

É isso… Sou um rio
(sorriu… o poeta)!

Duarte disse...

¡Que lío el de este río!

O leito está alteradíssimo, espero que não te afecte.

Chopin, que delicia o som deste piano...

Beijinhos, e uma meiguice

Justine disse...

Vim reencontrar o bom-gosto e a poesia do quotidiano, de que já tinha saudades.
Um beijo de bom domingo