19/05/07

SILVADO

.

























Não é tempo de amoras.
Este caule da Silva apesar de tantos picos não é ameaçador, porque os tem à vista.
Quando for o tempo das amoras hei-de ir a Montedor apanhá-las para fazer compota.
Porque me sabe bem andar pelo monte a apanhar as amoras e porque sim, também.

Fotografia - Tinta Azul. 2007.

1 comentário:

Teresa disse...

Ontem comi amoras e framboesas mas tive de ir ao hipermercado... Ao ver o teu post recordei também o tempo em que ia apanhar amoras... Obrigada por me teres feito relembrar...