17/05/09

PORTAS DO CÉU

.














Nos dias em que o azul teima em esconder-se
procuro, entre as nuvens, as portas do céu.


E encontro-as.


Nos traços perfeitos de um desenho,
















O céu
de
Almada Negreiros



nas notas de uma melodia,

_Erik Satie
Gnossienne nº 5
Piano - Pascal Rogé























no olhar de quem,
também,
as procura.



_Erik Satie
Prelude de la porte héroique du ciel

[A propósito
Erik Satie fazia hoje anos]



Imagens:
1. FotografiaTINTA AZUL 19.04.09
2. Desenho digitalizado de ALMADA NEGREIROS
[SUDOESTE - Cadernos de Almada Negreiros]
3. Fotografia - TINTA AZUL. 27.04.09

Música:

2.YouTube.Citybird1963
1. Youtube. DistantMirrors

8 comentários:

João Menéres disse...

Qualquer porta que tu encontres e mostras, é uma porta que leva ao paraíso, com uma música suave, mesmo que chegue através de um vidro estalado por tanto por ele eu ter olhado.

Beijo.

vbm disse...

Belo, lua azul!

Duarte disse...

Vive intensamente e sê feliz.

Um grande abraço, meu.

mariam disse...

TintaA.

Flui o pensamento e os sentidos quando visito o teu espaço ___ AZUL ___ . obrigada por esta boa sensação :)

que a vida te seja 'leve ' e azul :)

sigo agora por aqui abaixo, vou ler o que ainda não li! sorry as ausências...

um grande abraço e o meu sorriso :)
mariam

O meteorologista disse...

Falas em portas do céu feitas de nuvens, ao mesmo tempo que me dás Almada Negreiros e Satie ?
Como ficar quedo?
Não podia ficar no anonimato.
Venho por este meio ,congratular-me,
felicitar-te.
Boa noite...

Justine disse...

Quem procura sempre alcança...
(a mim, a primeira foto, parece-me mais as orelhas do Mounty a escutar os pássaros:)) )

rana disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Da Paz disse...

Seu trabalho está bem interessante.
Prebéns pelas janelas e flutuações que nos oferece.