23/03/08

DOMINGO DE PÁSCOA. MEMÓRIA DE INFÂNCIA.

.

Os foguetes a estoirar.
A visita ía começar.
Mais para a tardinha
nós sempre a correr,
dos tios para a madrinha.
A sineta, já perto, a tocar
era sinal que já lá vinha.
A nossa casa anoitecer.


Imagem - Fotografia. TINTA AZUL.23.03.08

4 comentários:

mariadosol disse...

contrariamente ao Natal a Páscoa é um tempo que me é muito simpático...
Quando eu era muito pequenina a visita pascal era para mim um misto de admiração e desencanto...admiração porque o Padre ia a casa em clima de festa, tudo bem disposto....o brês cheiinho de ovos (e como o nosso brês??? era bonito e diferente dos outros)... e até tinha direito a envelope com nota dentro...desencanto porque afinal o padre, que eu via lá em cima no altar, tão paramentado e tudo e tudo...era tão igual a nós...

um Ar de disse...

Então, se tivesses tido vários padres na família, desde tio-avô, ao irmão do meu pai e ao primo direito (e meu padrinho)... é que vias e sentias quão pouco diferentes o eram!...

[...para além dos "paramentos", passados a ferro em casa do meu avô e hóstias talhadas em círculos pela minha avó - lado paterno, claro...]

Enfim... Já só resta um... o meu padrinho.

[Beijo]

un dress disse...

tão roxo

tão quase vermelho...

Márcio disse...

Bonito!! :)