28/03/08

SEM AVISO

.

Fazem-se as malas. A do que se veste o corpo. A do que se veste a alma. Antecipa-se o prazer. Antecipa-se a calma. Ruma-se ao sul. Ruma-se ao Sol. Ruma-se às cores da Terra. Ao céu azul.
De repente. Quando menos se espera. Vem o Inverno. Engolir-nos a Primavera.

Imagem - Fotografia. TINTA AZUL.27.03.08

6 comentários:

Anónimo disse...

Que acolhedor....

Bom fim de semana!!!!

Um abraço:pandorabox

mariadosol disse...

:))

um Ar de disse...

Foram uns dias invernosos, por todo o lado, querida amiga.

A Primavera também fez greve, como tu!...

Mas foste, na mesma. Fizeste-lhe um manguito! E não duvido que tenha sido uma boa viagem, apesar dos caprichos das estações deste ano que corre.

Bom regresso.
Amanhã promete mais frio, por aqui...

[Beijo de saudade]

Tinta Azul disse...

O tempo até esteve bastante bom. E tudo estava lindo de morrer.
O Inverno foi outro. Depois te digo.
Beijo grande

Anónimo disse...

"Quisera estar aí
olhando o céu
sem uma gota de terra

Quisera estar aí
onde o sol
dá as searas pelo Verão

Fico apenas abraçado
a esta poeira que o teu pé
levantou
Talvez meus lentos olhos
não vejam mais o sul."

( poema do meu amigo e poeta João Pedro Mésseder -in Meridionais )

Tinta Azul disse...

Gostei.
João Pedro é pseudónimo, certo? :)