31/03/08

A DIFERENÇA QUE HÁ

.

A diferença que há entre os estudiosos e os poetas
é que aqueles passam a vida inteira com o nariz num assunto
a ver se conseguem decifrá-lo, e estes
abrem um livro, lêem três páginas, farejam as restantes
(nem sequer todas) e sabem logo do assunto
o que os outros não conseguiram saber. Por isso é que os estudiosos têm raiva dos poetas,
capazes de ler tudo sem ter lido nada
(e eles não leram nada tendo lido tudo).
O mal está em haver poetas que abusam do analfabetismo,
e desacreditam a gaya scienza.

1.02.1972

Jorge de Sena in Visão Perpétua

Imagem - Fotografia. TINTA AZUL. 28.03.08

12 comentários:

addiragram disse...

bonito blog o seu! Também este estrato de Jorge de Sena foi por mim publicado. Mais um lugar por onde viajar...

mariadosol disse...

as palavras do Jorge de Sena até me dizem muito...
mas,
a fotografia merecia um post só para ela...

Tinta Azul disse...

Obrigada addiragram :)
É a segunda vez que publico este texto. Talvez porque cada vez tem mais sentido para mim.
mariadosol,
eu gosto da imagem com palavras. E tanto imagem como texto podem ser vistos autonomamente. Eu junto uma coisa a outra porque de ambas me resulta apenas uma. :))

Anónimo disse...

Concordo consigo.Gosto da imagem e das palavras,sem elas não vivo.



vadia

Justine disse...

Ah, mas os poetas descobriram as palavras que há nos silêncios. Ou nas imagens...

Anónimo disse...

Sobre a imagem , eu diria:

" De azul se ilumina a cinza dos dias"

Camelia

Anónimo disse...

Não é preciso dizer muita coisa para dizer muita coisa.As conversas fazem-se sobretudo de silêncios, por isso se fala tanto...
Camelia

Anónimo disse...

NUNCA MAIS PONHO AQUI OS PÉS!!!!

um abraço:pandorabox

1/04/08

Tinta Azul disse...

oh pandorabox, então porquê?
Pronto, se não puseres os pés, vai pondo os olhos :)
Abraço para ti e para todas que viera antes. :)

Tinta Azul disse...

vieram...até perco os emes, coisa que me faz muita falta!

mariadosol disse...

bem...o meu comentário lá em cima queria fazer um elogio muito grande à tua fotografia. (se sabes como aprecio as palavras do Jorge de Sena, percebes melhor). Obviamente que não se trata de qualquer observação "editorial"... se calhar não mispliquei bem...
:)

Tinta Azul disse...

Eu tinha percebido.
Bj :)