06/11/08

SOPHIA DE MELLO BREYNER [1919-2004]

.















Porque

Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.
Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.
Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não

Sophia de Mello Breyner Andresen


Porque hoje é dia de aniversário do seu nascimento.
Porque gostava muito do mar.
Porque gosto, especialmente, deste poema.


_E. Elgar
Salut d'Amour
Violino - Sarah Chang


Fotografia - TINTA AZUL. 2008

7 comentários:

Duarte disse...

Estive à procura dum livro que tenho dela, mas como tenho tudo por ordenar, estou a fazer umas alterações na decoração da casa, e não o encontro para poder dar-te o titulo. Foi editado como motivo do quinto centenário dos descobrimentos marítimos e, como muito bem dizes, o seu conteúdo é um canto ao MAR.
Somo-me a esta homenagem que lhe fazes.

:))

Abraços

Tinta Azul disse...

É merecida.
A Sophie tem poemas belíssimos.

Abraços, Duarte
:)

Anónimo disse...

"Porque foram quebrados os teus gestos?
Quem te cercou de muros e de abismos?
Quem desviou na noite os teus caminhos?
Quem derramou no chão os teus segredos?"

Sophia de Mello B.A. (de "Día do Mar")

[contribuindo con outro porque, ainda que non me quedou claro se o poema son preguntas ou respostas]

A vizinha

Tinta Azul disse...

Vizinha,
Porque...
é muito bonito o poema que aqui deixaste,
Obrigada.
:)

cristal disse...

Porque este é um dos poemas da Sophia que eu mais gosto! (Lembras-te dele cantado pelo Fanhais?) Obrigada!

livia soares disse...

Sim, também é um dos meus favoritos de Sophia... e a foto está ótima. Bela postagem.
Um abraço, querida.

heretico disse...

porque tu. és atenta e gentil. e aqui partilhas beleza das tuas escolhas...

beijos