22/02/09

MIMOSAS

.
















Todos os anos na mesma altura
a montanha veste o mesmo vestido amarelo
para ver se ainda lhe serve na cintura.



Jorge de Sousa Braga
in O Poeta Nu






W A Mozart
Concerto para Flauta e Harpa
[3º andtº]




Fotografias - TINTA AZUL. Montedor. 22.02.09
Música -
YouTube

9 comentários:

Skywalker disse...

E que linda fica mesmo que a cintura tenha alargado.

Beijokas

Duarte disse...

Parece-me uma austrália em flor, da família das mimosas, vou pelo certo?

Que esbelta está a montanha!

Beijos

mdsol-mascarada disse...

Hoje apanhei um braçado delas...

:))

Justine disse...

E não é que serve, sempre esbelta?
(A minha amendoeira está vestida de rendas, imagina...)

Juani disse...

pues le sienta muy bien,
saluditos

um Ar de disse...

Ainda me lembro do cheiro primavil no edifício da Escola Rainha Santa Isabel, agora sede de outra coisa, que te é tão próxima :)
.
De mim, nunca chegou a ser...
Mas, lembro-me do cheiro intenso a Primavera anunciada!
.
Saudades de ti e de uma mão, não muito cheia, de outras pessoas...
.
[Beijo...@]

Cristina Correia disse...

Enquanto o poema não se cumprir
permanecemos
lírios.
Cristina Correia

João Menéres disse...

O vestido é bonito amarelo.
Mas o corpo esbelto é uma verdadeira praga e é muito difícil vencê-lo...

Graça Pimentel disse...

São mesmo mimosas as mimosas...
Obrigada pela companhia, pelo almoço,... pela amizade.
Foi um dia de Carnaval de que gostei.

Beijo grande