18/11/07

DO CAMPO DE ENTRE- ÁGUAS

.
















Quando era pequenina, pensava que as batatas vermelhas, eram mesmo vermelhas. Afinal, tirando a casca, de tom ligeiramente rosado , eram quase iguais às outras. Que decepção!
Agora, como eu aprecio estas batatas, mesmo sabendo o pouco que têm de vermelho!Estas batatas vermelhas, são cultivadas no Campo de Entre-Águas, que herdei dos meus pais. Sempre achei o nome deste campo muito bonito, mesmo quando era muito pequenina e não sabia, exactamente, o que significava

Fotografia - TINTA AZUL. Batatas ensacadas, cultivadas no Campo de Entre-Águas, Felgueiras [Resende]. Novembro 2007.

5 comentários:

Ch disse...

O nome das terras foi o que mais me chamou a atenção, tal a beleza que é: Campo de Entre-Águas!
E as batatas, tenras por sinal, estão de ótimo aspecto. Como guarnição para um bom bacalhau...aí dobram-se os encantos.
Abraços do
Carlos

MNN disse...

Latifundiária!!!
Dª Antónia!!!

livia soares disse...

Minha cara Tinta Azul,
achei lindo este nome dos teus domínios (Campo de Entre-Águas); deve ter uma história bem bonita em sua origem. Espero que nos contes a lenda deste reino, algum dia. Já passeei por todas as postagens que não pude ver durante o fim-de-semana prolongado. Apreciei muito o que vi e li. Saio recarregada de alegria e energia para enfrentar a semana...
Um abraço.

Albino M. disse...

Eu também tenho um campo em Entráguas (pronúncia vulgar de Entre-Águas), aliás chamado Campo Redondo, com três razões de semeadura (?)...
A origem do topónimo é óbvia, mas nunca entendi se designava duas nascentes ou duas correntes, duas linhas de água...
Talvez nem uma coisa nem outra, para quem revisitar o local, poderia ser apenas... dois regos de água, o que vem do Vale e o outro que vem do Alvaredo...
Sim, acho que é isso.
Abc.

Tinta_Azul disse...

Um ao lado do outro, precisamente.
Seja lá qual for a origem do nome acho-o muito bonito.
Não sei quantos razões de semeadura tem.Tenho andado a fazer contas às emoções das colheitas. :)