07/04/09

ANJOS [6]

.
















Já é sabido que:

Gosto de anjos.
Dos que guardam
e são guardados.


Nem me importa que não sejam [visivelmente] alados.

O que ainda não tinha dito

é que também não me importa que não sejam [visivelmente] dourados.

_A. Dvorak
Songs my mother taught me - Op 55 - nº 4
Violino - Ida Haendel
Piano - Geoffrey Parsons


[porque parti os óculos e sem eles vejo muito muito mal ao perto. Não fossem alguns anjos e o meu dia tinha sido um verdadeiro inferno. ]


Fotografia - TINTA AZUL. 29.03.09
Música - YouTube. Aluaflutua.

7 comentários:

Dulcineia (Lília) disse...

Também gosto de anjos.
Acho que, no fundo, todos somos anjos, cada qual de seu jeito.
à musica é linda!
beijinhos
Lília

Olit disse...

Linda..

João Menéres disse...

A poesia é uma beleza.É tua?
Com a música estou a ter problemas Arranca e pára.

Beijo.

heretico disse...

anjos. esvoaçantes. "nas asas do desejo"...

amoráveis que são.

beijos

Graça Pimentel disse...

Bonito este anjo dourado a subir ao céu.

Um beijinho grande de Boa Páscoa

Dois Rios disse...

Como não acreditar em anjos minha querida? Eles vivem entre nós: amigos, filhos, pais, gente que prega o bem sem ver a quem, enfim, vivemos cercados por uma falange.

Beijos,

Inês

Duarte disse...

Um anjo é um Anjo, que importa a cor?!

Gostei da tua precisão.
:))

Abraços meus