05/04/09

A NOBREZA DO AZUL

.

















Sangue azul.
Átomo de cobre.
E não é metal nobre?



________________________________

Coroado há um ano, n' aluaflutua,
o átomo de cobre.

Voltou hoje, porque
a nobreza de certos azuis
a memória de dias à solta
as asas de algumas canções
me fazem bem,
sobretudo ao Domingo à noite.
________________________________


_F. Mendelssohn
Nas asas da canção
[Auf Flügeln des Gesanges]
Violino - Ida Haendel
Piano - Geoffrey Parsons


Fotografia - TINTA AZUL. 28.03.08.
Música - YouTube.Aluaflutua.

7 comentários:

heretico disse...

nobre Azul. aqui...

beijo

mdsol disse...

Pois... eu que devia andar a rejubilar com os azuis, deu-me para o verde.
:))

Analuka disse...

Venho beber um azul aqui... e te convido a brindar azuis lá no meu blog, também! Deixo abraços alados e votos de dias luminosos, pintados de arte e poesia!

Conceição Duarte disse...

Tenho loucura pelo azul, e o do mar então!
Linda a música, muito linda!
Um beijo e boa semana pra vc!
C
o
n

mariam disse...

TintaAzul,

de azul 'te' pintas em bebedeiras ... já o dizia um grande H :)

azul suave
azul nobre
azul azul...

é um gosto aqui voltar!
sorry minhas ausências...

Boa Páscoa!
um abraço e o meu sorriso amigo :)
mariam

mariam disse...

era de sonho.. as bebedeiras ... percebeste? :)

Duarte disse...

Mas muito útil
ademais de dúctil...

A vida é azul e verde.
Fora melancolia.
VIVE, intensamente!

Um grande abraço meu numa nebulosa de sons