30/01/09

BRANCURA

.
















brancura.
gestos lavados.
perfumados. com ternura.


brancas camélias.
camélia. camélia.


_Sigur Rós
All Alright


Fotografia - TINTA AZUL. 29.01.09

12 comentários:

cé disse...

as minhas camélias já floriram no jardim...tão brancas a (en)cantar...quando passo sinto o perfume da vida(e penso: será por viverem no meu jardim?)

"há coisas que só se podem ver com o branco dos olhos" (Jorge de Sousa Braga)

Anónimo disse...

Eram camélias
Que eu queria
Todo o dia desfolhar
Cobrir-me de branco
E minhas mágoas
Lavar
De branco
Ficar assim
Em nais nada
Pensar
Eram camélias
Que eu queria
Branca ternura
lavada
Em perfume misturada
Eu queria
Brancas camélias
Camélias dadas
Eu muito queria

MC

VADIA

Tinta Azul disse...

cé e vadia,
Um beijo para cada uma. branco.
:)

Zef disse...

Branco é toda a cor...
e cor nenhuma.
Branco é a dor
de nada ter
e nada ser
como a espuma
que se desfaz ao tocar...
Branco é a sedução
de tudo ser
e tudo ousar...

heretico disse...

gestos perfumados. belos...

beijo

Duarte disse...

Vale a pena ir ao Porto nesta época do ano para ver uma camélia aberta... saudades da minha terra.

Obrigado, amiga por brindar-me esta oportunidade.

Um grande abraço de gratidão

mdsol disse...

:))

Anónimo disse...

VADIA

O SEU POEMA É LINDO! ACHO QUE PODIA ESCREVER MAIS VEZES...JÁ QUE AS IMAGENS QUE A TINTA AZUL DIVULGA SÃO DE UMA BELEZA EXTRAORDINÁRIA!

CAMÉLIA

Carlos Henrique Leiros disse...

Cara Tinta Azul;
.
Volto a este belo espaço para dizer, antes de mais nada, que retomei as rédeas do Almofariz [agora pretendo postar com mais regularidade].
.
E chego aqui contemplando uma sucessão de refinadas postagens, com imagens que se eternizam no olhar. Isso tudo agrada aos olhos e à alma!
Ah, e eu tenho uma verdadeira veneração por flores brancas!
.
Forte abraço do amigo.
Carlos

António Silva disse...

Olá cara Amiga!
Entrei e… meu olhar vagueou por este seu excelente cantinho! Ah! Gostei do que li e ouvi... Beijos! António

mariam disse...

TintaAzul,

é um prazer renovado aqui voltar (sempre!)


gosto das palavras e de camélias brancas (e das outras também!)

bom Domingo
grande abraço
mariam

Justine disse...

A perfeição em estado puro, em dádiva.A redenção do inverno!