12/09/07

NEBLINA

.
































E, de repente, o Sol é completamente engolido por um denso manto de neblina [ou pela baleia que parece ter emergido das águas?].
Apesar de tudo ter ficado cinzento, tudo continuou belo, só que diferente.

Como dizia Vinicius de Moraes, a beleza não está nos olhos do observado, mas sim nos do observador e tudo depende do estado do coração. E é.


Fotografias - TINTA AZUL, Praia do Forte, 8.09.08,

7 comentários:

MNN disse...

...neste caso a beleza é factual, independentemente dos belos olhos da observadora :)

Tinta_Azul disse...

...sim, mas haverá muitos outros belos olhos (de beleza factual) que não achariam belo o que estes olhos de beleza (subjectiva) acharam. :)))

Edna B. disse...

sensação maravilhosa aqui estar e poder ver versos do nossso grande Vinícius de Moraes, sobre sentimentos maravilhosos e belos, como a arte de saber "olhar"
abraço grande

GP disse...

Linda!
Ainda estás a viver do revigorante fim de semana, sortuda...

Beijinho

Ch disse...

Todos os mistérios do mar parecem mais patentes quando a neblina o envolve. Não é mesmo?
Vir aqui é sempre se deparar com belos instantes captados.
Abraços, amiga.
Carlos

livia soares disse...

Lindo!
Como adivinhaste meu estado de espírito neste instante? Por alguma razão misteriosa, acho as praias ainda mais belas quando nubladas. E vivo em Natal, uma cidade onde se pode ver o mar sob várias formas de iluminação... as tuas imagens chegam no momento exato.
Um abraço.

zef disse...

Ver! Ver é recriar. Ou é mesmo criar?
O olhar confere existência, confere beleza, confere significado...
O Olhar é criar, é dar, é partir no dorso da luz...e regressar ao EU, um novo e mais EU.