16/09/07

À PROCURA DE LETRAS

.



































































De manhã fui aos mexilhões, ao fim da tarde fui às letras. Não foi preciso levar saco. Para juntar às outras que já tenho [X, Y, N], H, V, A e W. Não sei se conseguirei formar a palavra. que a Graça me pediu: saudade. É uma palavra tão portuguesa, e as letras que mais encontro são X, Y e W. Vou fazendo Há, Ah, Na, Vá, e cera em inglês: WAX, YA! e WHY? (Não é bom saber/poder perguntar, ainda que noutra língua?).
Talvez haja muitas outras letras, as minúsculas, mas essas não as consigo ver. Por enquanto só as maiúsculas. Tenho que apurar os sentidos...

Fotografias - TINTA AZUL. Montedor, 2007.

4 comentários:

Anónimo disse...

Até a natureza só fala inglês? Não acredito!!! É como dizes. Tens de apurar os sentidos!!!

E se Sábado à noite fossemos todos jantar com o Pi? ehehehehe Ora aí estão duas letras que decerto verás a qualquer altura.

Mana Velhota

Ch disse...

A curiosidade pelas formas é algo que sempre irá nos encantar, como as primeiras descobertas sobre o poder das nuvens encerrarem formatos.
É uma bela expressão da natureza, muito poética por sinal.
E a imaginação, à solta....
Abraços com votos de bom domingo.
Carlos

Mim disse...

Bom blog, sim senhora!
Gosto do conteúdo, das imagens, da forma da escrita... Quanta sensibilidade nela contida...
E encontrei-o quando procurava algo sobre O'stravaganza!! Album excelente, com duelos entre a interpretação clássica e céltica de Vivaldi.
Um abraço.
http://palavradesvalentim.blogspot.com/

GP disse...

Há ha na vá... mas eu fui mesmo obrigada a ir...
Mas de ti estarei sempre perto.

Beijinho grande