17/05/08

UM AR DOS DIAS DE MAIO

.












Para a um ar de...

O significado
de coisas insignificantes:

clips, molas, pilhas,
bases de cortiça, pedras, elásticos,
colares, isqueiros, cinzeiros,
caixas de cd's, lâmpadas,
folhetos, alfinetes,
enfeites, lapiseiras,
e rosas...


O ar dos dias de Maio. Os que passaram.
A expectativa dos que hão-de vir.
Que as cores, o movimento, as formas... sejam descobertas em cada dia.
Que nos [te] contagiem.


[sugiro a Gymnopedie nº 1 de Erik Satie para acompanhar, apesar de lenta e dolorosa... [no post anterior], que preferi não integrar no slideshow]
.
Imagens - Fotografias. Tinta Azul. Maio, 2008

1 comentário:

um Ar de disse...

Obrigada pelo espectáculo incrível!... as imagens, a animação, o movimento, a música, as palavras e a tua inspiração!....

Parecia um fogo de artifício, só para mim...


[Beijo pela tua luz & cor]