22/06/08

GLASS WORKS

.


.

Conta, de vidro,
palavras
transparentes.
Para que
nunca se quebrem.





- Philip Glass
Glassworks - Abertura
Piano - Branka Parlic


Imagem - Tinta Azul. Maio 08

5 comentários:

~pi disse...

notas de soprar:

luas

:esferas: feras:

es

pe

ras



~

Justine disse...

Tantas vezes o que parece frágil é o que mais perdura. Belíssimo!

heretico disse...

palavras. como jóias. de rainha...

delicadas. e belas.

um Ar de disse...

Música de encantar...
Como parece ter tudo a ver com as tuas palavras transparentes...

[Beijo rendido ao encanto]

mariam disse...

de novo... perfeito perfeito! já dizia não sei quem "na simplicidade está o ganho"!

boa semana
um sorriso :)