13/06/08

NO DIA DO 120º ANIVERSÁRIO DO NASCIMENTO DE FERNANDO PESSOA

.


Dizem que finjo ou minto
Tudo que escrevo. Não.
Eu simplesmente sinto
Com a imaginação.
Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo,
O que me falha ou finda,
É como que um terraço
Sobre outra coisa ainda.
Essa coisa é que é linda.

Por isso escrevo em meio
Do que não está ao pé,
Livre do meu enleio,
Sério do que não é,
Sentir, sinta quem lê!

Fernando Pessoa

Imagem - Fotografia de quadro. Técnica mista s/ tela da autoria de Pulsante.

5 comentários:

Anónimo disse...

Tenho um livro que guardo como uma relíquia,foi-me dado quando fiz 17 anos e nele escreveram (pela mensagem dos seus 17 anos).O livro A MENSAGEM trouxe à minha vida FERNANDO PESSOA.E já lá vão muitos anos-poucos o conheciam.Foi o começo da minha paixão pela poesia.

vadia

Juani lopes disse...

QUE PASES UN FILIZ FIN DE SEMANA
SALUDITOS

um Ar de disse...

A escolha da tela do Pulsante foi mesmo oportuna...
.
.
É mesmo deste heterónimo: "Sentir, sinta quem lê!" :)
.
.
[Beijo geminiano, também...]

Multiolhares disse...

Fernando Pessoa um dos meus preferidos, como ele diz o peta escreve , inventa e quem o lê interpreta a seu belo prazer
Bj

Justine disse...

O poema perfeito!
Bela homenagem, TA :))
E bom fim de semana