11/10/08

PRECISÃO

.

Voltou daqui. Porque lhe quero bem. De olhar azul. Branco. Puro. Perfeito . No movimento. Ilusão óptica.
.


PRECISÃO


O que me tranquiliza
é que tudo o que existe,
existe com uma precisão absoluta.
O que for do tamanho de uma cabeça de alfinete
não transborda nem uma fração de milímetro
além do tamanho de uma cabeça de alfinete.
Tudo o que existe é de uma grande exatidão.
Pena é que a maior parte do que existe
com essa exatidão
nos é tecnicamente invisível.
O bom é que a verdade chega a nós
como um sentido secreto das coisas.
Nós terminamos adivinhando, confusos,
a perfeição.

Clarice Lispector.

Fotografia - TINTA AZUL. 2.03.08

4 comentários:

Juani lopes disse...

una margarita perfecta y preciosa
saluditos

Duarte disse...

Tu dizes precisão, eu agrego, PERFEIÇÃO. Imagem bonita e duma nitidez total.

:))))

Beijos

mdsol disse...

Que bonito poema para a tu aimagem perfeita!
:))

mariam disse...

que linda!
é vc!
:)