22/09/08

22 de SETEMBRO

.


















Entre os 2 e os 3 anos era eu quem o levava, a maioria das vezes, ao Jardim de Infãncia. Mal saíamos de casa, de mão dada, dizia: G, dóimem as pernas. E eu já sabia o que ele queria: colo. E pegava-lhe. Era assim que sempre o levava. Ao colo.
Agora, em tom de brincadeira passo a vida a dizer-lhe: J, dóimem as pernas. E ele pega-me ao colo. Com o seu afecto. Um colo de que gosto muito.
Para o meu sobrinho J. no dia em que faz 28 anos. Com muito colo e um beijo. Parabéns!

Imagem - Fotografia manipulada. TINTA AZUL. 22.09.08

9 comentários:

Juani lopes disse...

felicidades a tu sobrino
saluditos

um Ar de disse...

Que lindo sobrinho, a imagem deixa adivinhar!...
E, como os "colos" são reversíveis, a partir de uma certa altura...
Acho que o J. vai gostar deste novo "colo" da tia.
[Beijo!!!]

mdsol disse...

Oh tia mailinda!
beijos

mariam disse...

já lá dei os parabéns também!

um sorriso :)

livia soares disse...

Olá, querida.
Passear por aqui faz a gente seguir o rastro dos afetos, acompanhando o seu olhar. E isso é muito bom.
Um abraço.

Duarte disse...

Com uma tia assim dá gosto
Parabéns, para os dois

:))

Augusto Carioca disse...

Salve, J! Parabéns!!!!!!

-ha.z disse...

Será que um dia ainda cruzo com este teu sobrinho... quem sabe... neste mundo doido de coincidências... me morde a curiosidade... talvez teríamos muitas coisas a partilhar... também fiz no dia 22, 28 anos. :)

heretico disse...

beijo