10/09/08

8.30 AM

.
















8.10 pára a carruagem amarela
segundos depois sai-se de dentro dela
Carolina Michaelis dá o nome à estação
máquina fotográfica do saco prá mão
o Porto escondido envolto em nevoeiro
objectiva à mostra apontada ao canteiro
degraus descidos, em andamento
vivace
na passadeira espera-se que o carro passe
8.15, pede-se, ao balcão, um café
faltam 15 min, não se toma em pé
8.20, à entrada, a fumar
Bom dia, mais um a chegar.
Bom dia, bom dia, olá, bom dia
8.30, a manhã hoje está fria
Falta um mas não deve tardar
então, vamos? vamos entrar?
há tanto para fazer
8.35, não há tempo a perder.

















Fotografias, TINTA AZUL. 10.09.08

.

4 comentários:

cristal disse...

Mas que ritmo logo de manhã! Que bom ver as cores que colheste para nos trazer. BJS

Justine disse...

O quotidiano, assim descrito, parece uma festa:))
E que bom, poder levar canteiros floridos nos olhos, para mais um dia de trabalho

Juani lopes disse...

lo que mas me gusta de los jardines
de portugal, son sus cuadros, tapices de flores formando figuras y dibujos espectaculares
saluditos

mdsol disse...

Mas que bem! Olha eu a levantar-me assim cedo... e a ficar com esse humor!
:)))