09/09/08

LEMBRANÇAS DO RIO 1

.



Mal o vi, caído, nesta moleza
da sua vida de jardineiro-gato
lembrei-me da Sra Baronesa
e trouxe-lho, assim, num retrato...



Imagem - Fotografias. Colagem. TINTA AZUL.2008

9 comentários:

Duarte disse...

Rima na quadra e no enquadre.
Espero que goste à Baronesa...

Beijos

um Ar de disse...

Lembranças ternas e luxuriantes!...
Que contraste, com o aqui e agora, minha amiga.
Lembranças, são isso mesmo... um passado, refeito num certo presente.
[Sendo que, certo e presente, têm outros sentidos, não é? :)]
......[

Juani lopes disse...

bonitas fotorafias, bien valen un recuerdo
saluditos

livia soares disse...

Querida, é sempre muito bom passar por aqui.
Um abraço.

addiragram disse...

Bonita colagem, bonita escrita!um abraço.

cristal disse...

Faço minhas as palavras dos que me antecederam a comentar. E so me admira a sra. baronesa ainda não ter conseguido entrar... provavelmente por minha culpa, minha tão grande culpa! Mas vou já ter a penitência das "letras torcidas" para me ir redimindo...

mdsol disse...

Eu acho que vais arranjar sarilho.O "Outro" vai enciumar-se.
:))

Justine disse...

A que foi Baronesa por um dia no Rio de Janeiro,feliz ainda pelo calor e ternura do nobre título,fica emocionada. E agradece, com uma vénia (como convém à sua condição), as belas palavras e o mosaico de fotos, onde o gato é tão comovente quanto as flores.

Um beijinho doce

P.S.: quanto ao "outro" é melhor não dizer nada...:))

heretico disse...

jardim ... refrescante.
quem me dera ser "jardineiro-gato"... rss