17/09/08

E NO ENTANTO, ENTRETANTO...

.
Ainda, não há muito tempo, era assim. Parece que não há muito. Apenas parece. No entanto, entretanto, passaram quinze anos.
Já tem cartão de eleitora. E ainda me parece tão pequenina.

Amanhã vamos alugar uma casa. Entrou na Faculdade, no curso e onde queria.
É a vida. É. Nos seus tempos e espaços. No seu voo normal.
E no entanto, entretanto, dentro de nós tanta coisa se agita.

Fotografia - MJ - 1993

8 comentários:

Juani lopes disse...

no se porque sera, pero aunque pasen los años, ellos siempren seran nuestros pequeñines
saluditos
p.d. muy guapa tu niña

cristal disse...

Que bonito é vê-los voar... Que os voos a levem sempre no rumo certo, como até aqui, sem sobressaltos (ou apenas com aqueles que pudermos superar). Parabéns aos três e ao mundo todo que a vai GANHANDO. BJS

Graça Pimentel disse...

Que fofura a pequenina já grande que será, para vocês, sempre pequenina.
O tempo, quando as coisas correm bem, voa e verás que após un pestanejar, chega a casa com o diploma da licenciatura. E mais um pestanejar, está na casa dela a pedir SOS à avó... eu que o diga.

Um beijo

Justine disse...

Elesficam sempre, sempre pequeninos dentro do nosso coração. Mas, contradição total, que bom é vê-los ganhar asas e voar:))
Abraço, ela é linda!

Tinta Azul disse...

Juani, cristal, graça e justine,
como todas têm filhos[as] entendem muito bem.
4 beijos, um para cada uma :)

heretico disse...

muito bonita .... narizinho arrebitado. rsss

"voam" os/as filhos/as. claro...

beijos

Duarte disse...

Havia por aí uma fotografia com uma menina que me faz recordar esta. Mãe e filha possivelmente. Bonitas as duas.

Amor de mãe, existe algo mais grande? sou pai e avô e afirmo com convicção, NÃO.

Assim é, até que chegam os netos, então começam a existir dois tipos de amor, o de pai e o de avô, que dilema! Felizmente sabem conviver juntos.

Beijinhos para as duas

vbm disse...

:))